terça-feira, 1 de setembro de 2015

DIET, LIGHT, ZERO E INTEGRAL, QUAL A DIFERENÇA???

Resultado de imagem para DIET, LIGHT, ZERO E INTEGRAL, QUAL A DIFERENÇA 
Quando vamos comprar alguma comidinha mais leve, na intenção de manter ou entrar em uma dieta, dificilmente entendemos os rótulos dos produtos. Light, diet, zero e integral. Qual comprar? Afinal, é tudo a mesma coisa? Não, não é.
A importância de saber o significado de cada tipo garante nossa satisfação perante o objetivo. Sabiam que nem todos têm a função de deixar o produto menos calórico.
ZERO
O que é
Esse nome é o mais recente adotado pela indústria e assemelha-se como o alimento Diet, sendo isento de algum ingrediente.
Para quem é indicado
Pessoas que têm alguma restrição por conta de alergias ou doenças. Também pode ser usado na dieta, deste que conferida a sua redução calórica no rótulo do produto. Pois, alguns produtos “Zero” acabam trocando uma substância por outra ainda mais calórica.
Fica o alerta
Hipertensos devem consumir estes produtos de forma moderada se a isenção for de açúcar. Na maioria das vezes os produtos “zero” trocam este componente por adoçantes, como sacarina e ciclamato e podem conter muito sódio.
INTEGRAL
O que é
São produtos que não passam pelo processo de refinamento. Eles continuam ricos em fibras, vitaminas e minerais, porém podem ter gorduras também.
Para quem é indicado
Para quem quer simplesmente levar uma vida mais saudável e para quem está de dieta, já que os produtos integrais produzem a sensação de saciedade, reduzindo a vontade de comer.
Fica o alerta
Observe o percentual de farinha integral contido no rótulo. Existem produtos feitos 100% de farinha integral, porém ainda têm muitos que a misturam com a farinha branca.
O leite integral é rico em gorduras e por isso deve-se preferir versão desnatada que possui menos calorias.
Quando vamos comprar alguma comidinha mais leve, na intenção de manter ou entrar em uma dieta, dificilmente entendemos os rótulos dos produtos. Light, diet, zero e integral. Qual comprar? Afinal, é tudo a mesma coisa? Não, não é.
A importância de saber o significado de cada tipo garante nossa satisfação perante o objetivo. Sabiam que nem todos têm a função de deixar o produto menos calórico.
DIET
O que é
É isento de um determinado nutriente. Este deverá ser retirado ou substituído, e a “troca” deverá estar especificada no rótulo.

Para quem é indicado
É desenvolvido para um grupo específico de pessoas, como os diabéticos, os que sofrem de doenças metabólicas (como o hipotiroidismo), ou ainda de algumas doenças fisiológicas.

Fica o alerta
Para quem quer perder peso deve ser observado no rótulo qual o nutriente que foi retirado ou substituído, para ver se assim o produto fica de fato menos calórico. Um bom exemplo é o chocolate diet, que tem redução de açúcares, porém pode chegar a apresentar mais calorias que o normal.

LIGHT
O que é
Tem redução de no mínimo 25% de algum componente.

Para quem é indicado
Para quem quer fazer dieta pois pode possuir redução de açúcar, sódio ou gordura.

Fica o alerta
Para quem é alérgico ao nutriente. A dica é sempre comparar a versão light com a normal e ver se realmente vale a pena a troca.


Fonte: Esporte & Saúde